Posts Tagged ‘Caculé’

CACULÉ: PREFEITO CHAMA YULO PARA TRABALHAR

Luciano Ribeiro diz que deputado precisa gerir pelo menos sua assessoria.

Em contato com o Brumado Notícias, na tarde dessa quinta-feira (01), o prefeito Luciano Ribeiro (DEM), da cidade de Caculé, localizada no sudoeste baiano, rebateu as acusações do deputado estadual Yulo Oiticica (PT).“Yulo está muito preocupado em fazer política e não se incomoda com a sua falta de compromisso e ação com Caculé e incomoda com as nossas ações”. Para o alcaide caculeense, “o município tinha como agente financiador, das Casas Populares, a Caixa Econômica Federal. No ato institucional que fizemos, convidamos o nosso agente financiador e juntos entregamos as casas. Não houve ato político para o deputado se incomodar, na verdade, o que mais o incomoda é a nossa ação política e administrativa”. O prefeito ainda falou sobre o projeto do Esgotamento Sanitário da Cidade, que foi pré-selecionado pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa). “Quanto ao saneamento básico, o deputado está se equivocando, ou há uma deficiência em sua assessoria, porque, se ele buscar na pré-seleção, vai constar que o proponente do projeto foi a Prefeitura Municipal de Caculé e não o Governo do Estado. Eu gostaria muito se fosse o governo do estado, pois já havia apresentado o projeto, mas felizmente ou infelizmente, a obra foi apresentada pela prefeitura”. Ele ainda citou que o parlamentar não tem condições de gerir o seu mandato. “Se o deputado não tem capacidade para gerir a sua ação política e administrativa, deveria gerir a sua assessoria para lhe passar informações mais precisas”. Luciano Ribeiro ressaltou: “Eu não posso perder tempo com essas picuinhas políticas do deputado, eu tenho que trabalhar para desenvolver a cidade e, isso o incomoda, paciência, vamos trabalhar deputado”.

CACULÉ: YULO ACUSA GESTOR DE “ROUBO” DE OBRAS

Deputado Yulo acusa prefeito democrata de "roubar" o mérito de obras do governo federal. (Foto: Max Haack/BN).

O deputado estadual Yulo Oiticica (PT) acusou o prefeito da cidade de Caculé, no sudoeste baiano, de se apropriar de obras do governo federal que teriam sido conseguidas através da mediação do governo do estado. Luciano Ribeiro (DEM) teria inaugurado 200 casas do programa Minha Casa, Minha Vida no bairro São Geraldo sem o convite prévio ao governador, o que, para o parlamentar, foi uma tentativa de angariar os louros pela obra. Dessa vez, Yulo acusa o democrata de também tomar para si o mérito de ter captado recursos para a implantação de um sistema de saneamento básico na cidade. “A presidenta Dilma Rousseff aprovou o repasse de R$ 20,5 milhões para a implantação da rede de esgoto de Caculé. É preciso que o alcaide municipal dê a César o que é de César, porque, este projeto foi apresentado pelo governador Jaques Wagner através da secretária Eva Chiavon”, acusa o petista. Informações do Bahia Notícias.

CACULÉ: ESGOTAMENTO É PRÉ-SELECIONADO NO PAC 2

Desde 2005, o prefeito Luciano Ribeiro vem buscando apoio para conquistar os recursos. (Foto: Carlos Kuhn).

A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) tornou público, o resultado da primeira fase do processo seletivo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2/Funasa), conforme previsto na Portaria nº 314, de 14 de junho de 2011, publicada na seção 1, página 54, do Diário Oficial da União (DOU) de 15 de junho de 2011, que regulamenta o Processo Seletivo para repasses de recursos para ações de Saneamento Básico. O município de Caculé, no sudoeste baiano, teve o seu projeto de esgotamento sanitário, apresentado pela prefeitura e foi pré-selecionado pelo PAC2 no valor de R$ 20.500.000,00. Em contato telefônico com o Brumado Notícias, na tarde dessa segunda-feira (29) o prefeito Luciano Ribeiro (DEM) comemorou o resultado. “Esta é uma obra prioritária e que estamos lutando desde 2005. Essa foi mais uma etapa vencida, mas sabemos que ainda falta muito”. De acordo o gestor, “estamos assistindo a vitória de uma grande luta, pois Caculé merece e seu povo merece ser mais feliz”, finalizou.

CACULÉ É DESTAQUE NO CENÁRIO NACIONAL

Praça do Mercado de Caculé. (Foto: Google Imagens).

A pequena cidade baiana de 22 mil habitantes tem muito para mostrar. O prefeito de Caculé José Luciano Santos Ribeiro (DEM), fala com orgulho sobre os projetos desenvolvidos no município dentro da agenda dos ODM. Um deles extinguiu o lixão a céu aberto que contaminava a paisagem da cidade. O primeiro passo foi vencer a resistência da população que vivia do lixo e não queria desocupar a área. Depois de muita discussão, chegou o acordo: criar uma cooperativa, distribuir cestas básicas para os catadores durante dois meses, incluí-los no programa Bolsa Família e criar programas para alfabetizá-los. Hoje todos são alfabetizados e têm renda de R$ 480,00 mensais, recurso recebido por meio da venda de vassouras produzidas com garrafas pet e de sabão feito com óleo de cozinha, ambos confeccionados pela própria cooperativa de catadores. Em 2009, a prefeitura também criou uma lei que instituiu um certificado de incentivo fiscal, de 20% de abatimento no IPTU, para quem desenvolvesse projetos de “colaboração ambiental”. Mas as iniciativas na área de meio ambiente não param por aí. A prefeitura criou o programa “Pegada Ecológica” para recolher o lixo nas Áreas de Proteção Ambiental; o “Projeto Plantar”, que cria e distribui mudas nativas para reflorestamento; o programa “Conscientização Ambiental nas Escolas”, que ensina crianças e jovens a preservar o meio ambiente; além da distribuição de sacolas retornáveis em substituição às de plástico. As sacolas são produzidas por uma cooperativa de mulheres costureiras, gerando trabalho e renda. Outro programa que é destaque na cidade é o “Família Acolhedora”, que seleciona pessoas que têm condições de abrigar crianças de mães desamparadas. O município paga a essas famílias um salário mínimo por mês para receber as crianças. Ao mesmo tempo, as famílias biológicas são conscientizadas e acompanhadas para que sejam criadas condições para que essas crianças retornem aos seus lares de origem.

CACULÉ: EMPRESÁRIO ASSALTADO EM ESCRITÓRIO

Um empresário, dono de um posto de combustível, no centro da cidade de Caculé, no sudoeste baiano, foi assaltado. Segundo informações obtidas pelo Brumado Notícias, três bandidos, que estavam em um Cross Fox Prata, com placa de Vitória da Conquista, acompanharam, desde as primeiras horas do dia, a movimentação na casa do empresário e, por volta das 10h00, ligaram para o mesmo, em seu local de trabalho, solicitando que saísse, levando dinheiro, ou então algo sério iria acontecê-lo. A vítima não saiu do escritório e, instantes depois, os bandidos invadiram o local. De acordo testemunhas, dois marginais armados estavam sem capuz e obrigaram o empresário, o gerente do posto e cinco clientes do posto a se abaixarem, amarrou todos com fita isolante e, enquanto isso, outro bandido aguardava no veículo. Os assaltantes roubaram o equivalente a R$ 3.500. As vítimas não conseguiram fazer um retrato falado dos bandidos, mas a polícia  está investigando o caso.

DERBA ANALISA RODOVIA QUE SERÁ PAVIMENTADA

Técnicos do Departamento de Infraestrutura de Transportes (DERBA) visitaram os municípios de Malhada de Pedras, Rio do Antônio e o distrito de Ubauba, realizando o reconhecimento do trecho em que será feita a pavimentação asfáltica que ligará os dois municípios do sudoeste baiano. Na oportunidade foi feita a sondagem do material a ser utilizado, e verificou-se a disponibilidade na região circunvizinha de água, cascalho e brita, o que sinaliza uma obra com custo reduzido e com mais facilidade de execução. Após as análises feitas nessa primeira visita, será iniciada a elaboração do projeto executivo, que tem previsão para ser finalizado em 2012. No início do seu mandato parlamentar, a deputada Ivana Bastos fez uma indicação ao Governo do Estado em que indica a necessidade de implantação e pavimentação da rodovia que liga o município de Malhada de Pedras a Rio do Antônio, numa extensão de 29 quilômetros, e deste ao entroncamento da BA-617, passando pelo distrito de Umbaúba, que liga Ibiassucê ao município de Caculé.

CACULÉ: PREFEITO REÚNE COM PRESIDENTE DA CEF

Luciano Ribeiro esteve com o presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Ereda. (Foto: Divulgação).

O prefeito de Caculé, Luciano Ribeiro (DEM), esteve em Brasília na última semana, com o vice-prefeito José Roberto Neves (PR) e acompanhados do deputado federal ACM Neto (DEM), os caculeenses se reuniram com o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Jorge Ereda. Na oportunidade, o prefeito do município entregou ao presidente da Caixa, a solicitação e o estudo de viabilidade para a instalação da agência em Caculé para atender toda a sua microrregião. Eles foram bem recepcionados pelo presidente da Caixa que comprometeu viabilizar o empreendimento na cidade do sudoeste baiano.

2012: DEM E PMDB PODEM MARCHAR JUNTOS

O município de Brumado está na lista e partidos podem unir.

Os Democratas (DEM) pretendem reabilitar algumas relações partidárias e iniciar as articulações para as eleições municipais em 2012 em todo o estado. O partido realizará um encontro e delegados de vários municípios, a exemplo de Brumado, Vitória da Conquista e Caculé estarão presentes para iniciar as articulações para o próximo pleito. “Vai ser uma grande festa com a presença de nossa militância e dos amigos que estão insatisfeitos com a violência, com a onda de sequestro e as famílias amordaçadas por essa insegurança e pela falta de atendimento à saúde”, enfatizou o presidente de DEM baiano, José Carlos Aleluia. Segundo ele, também foram convidadas as lideranças do PSDB, PR, PMDB e PPS – que já sinalizaram que querem andar juntos no pleito para prefeitura municipal nas principais cidades baianas. Questionado sobre 2012, Aleluia disse que essas serão “conversas paralelas”. “Nosso foco é a eleição do partido”, resumiu. Conforme Aleluia, o objetivo é também de renovação no partido. “Queremos o novo, pessoas que gostem de política, pessoas que não tenham a política apenas como meio de vida”, frisou. Informações do Tribuna da Bahia.

CACULÉ: EQUIPE DA SSP AVALIARÁ DELEGACIA

A Secretaria da Segurança Pública (SSP), informou, em nota, nesta terça-feira (16), que enviará uma equipe da Coordenação Técnica de Projetos, em sua próxima viagem à região, para levantar os custos da obra de reforma do Complexo Policial de Caculé, no sudoeste baiano, que está com sua estrutura física comprometida. A SSP comunica também que deverá, na ocasião, verificar a situação legal do imóvel, para averiguar se pertence estado ou ao município. Segundo a nota, a secretaria busca afirmar parcerias com municípios do interior do estado para construção de unidades policiais em terrenos doados para tal fim. Onze detentos estão presos na carceragem de Caculé.

CACULÉ: DELEGACIA ‘CAINDO AOS PEDAÇOS’

Situação na delegacia é precária. Atualmente, 11 detentos estão custodiados. (Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias).

A situação do sistema carcerário brasileiro é precária e, nos tempos em que a violência vem assolando a vida dos baianos, principalmente no interior do Estado, onde assaltos a bancos e ações ousadas de bandidos são uma constante, é notória a falta de ações do Governo da Bahia. Um exemplo pode ser observado na cidade de Caculé, no sudoeste baiano, onde a estrutura física da delegacia está em pedaços, além de não haver suporte para o trabalho dos funcionários e cárcere dos custodiados. Atualmente, com 11 detentos, a delegacia vem passando por problemas de infraestrutura e diversas reivindicações foram feitas a Secretaria de Segurança Pública do Estado, para a realização, urgente, de uma reforma no prédio, mas até o momento, não houve nenhum comunicado oficial. Além disso, o delegado Noel de Souza esteve reunido com o Secretário de Administração e Fianças de Caculé, Paulo de Souza Novaes Filho, tentando firmar uma parceria para reformar a delegacia. “O delegado Noel de Souza vem buscando meios, inclusive, uma parceria com a Prefeitura de Caculé, para reformar a delegacia”, disse um agente da polícia civil, em entrevista ao Brumado Notícias. O vereador Paulo Henrique (DEM), também falou sobre o assunto, protestando em sua página pessoal no twitter. “Visitei o Complexo Policial de Caculé, fiquei pasmo com a situação, vendo a hora de desabar tudo em cima da cabeça dos funcionários”. Ele ainda cobrou ação do Governo do Estado para melhorar as condições do local. “Espero que o Governo do Estado, que já foi cobrado várias vezes, tome logo uma providência!”, desabafou. (Veja Fotos).

POÇÕES: PREFEITO APOIA DECLARAÇÕES DE LUCIANO

Luciano Ribeiro e Luciano Mascarenhas querem parlamentares mais atuantes na região. (Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias).

O prefeito da cidade de Poções, Luciano Mascarenhas (PTB), demonstrou o seu apoio ao prefeito do município de Caculé, Luciano Ribeiro (DEM), referente às críticas que o mesmo fez a falta de representatividade política parlamentar para a região. Mascarenhas declarou ao Brumado Notícias que falta apoio aos prefeitos da região. “Estou de acordo, precisamos de um nome de representatividade, que nos dê mais apoio e sustentabilidade, junto ao governo federal e estadual, para está nos direcionando melhores perspectivas. O gestor declarou ainda que, por falta de força política, a região perdeu a oportunidade de receber mais uma unidade de ensino superior. “Perdemos a universidade federal, que daria melhor suporte para o sudoeste. Isso mostra que há uma carência de lideranças na região”. Enérgico, Mascarenhas afirmou que falta vontade nos parlamentares, que só aprecem na região para angariar votos. “Está faltando força de vontade, meu pai tinha um ditado que dizia que “nada resiste a força do trabalho” e com essa força e persistência teríamos muito mais recursos para a nossa região. Tivemos deputados com 3 a 4 mil votos em Poções, que tiraram votos lá e foram embora e não dão atenção ao município. Precisamos de alguém que lute por nós no estado, está faltando trabalho e força de vontade. isso é fundamental”.

POÇÕES: SECA E INSEGURANÇA PREOCUPA PREFEITO

Luciano Mascarenhas cobrou mais ação do governo. (Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias).

O prefeito da cidade de Poções, Luciano Mascarenhas (PTB), está visitando o prefeito do município de Caculé, no sudoeste baiano, Luciano Ribeiro (DEM). Por telefone, Mascarenhas concedeu entrevista ao Brumado Noticias, onde falou sobre diversos temas inclusive segurança. “Precisamos de um apoio maior, passamos por muitos problemas de segurança, na verdade, é uma realidade que afeta todos os municípios baianos”. A seca também tem sido um grande problema da região e, sobre esse assunto, o prefeito declarou: “A zona rural está em seca. A Conder e a Defesa Civil do estado têm nos mandado um apoio, mas não é o suficiente para a carência da região, a prefeitura disponibiliza caminhões pipas, mas a demanda é maior que os suprimentos. O apoio que temos recebendo é pequeno não dá para suprir um terço das comunidades rurais e, com isso, encontramos muitas dificuldades no abastecimento e no apoio do estado”. O gestor disse que está em visita a Caculé devido ao fato do município ser modelo na região, com as ações do prefeito Luciano Ribeiro. “É a terceira visita que faço a Luciano, pois é um prefeito que tem dado certo em sua administração e tem buscado cada vez mais a criatividade para fazer as coisas continuarem dando certo. Estou aqui para copiar a usina de asfalto do município, que tem contribuído para uma ótima pavimentação da cidade. O que está dando certo aqui, nós estamos copiando para fazer em Poções”.

BANDIDOS ARROMBAM ESCOLA EM CACULÉ

Demonstrando ousadia, bandidos ainda tomaram café na escola. (Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias).

Durante esse final de semana, a Escola Municipal Vespasiano Filho, localizada no município de Caculé, no sudoeste baiano, foi arrombada. Há um matagal aos fundos da Escola e, possivelmente, foi o local por onde os meliantes pularam o muro. Segundo informações da polícia, passadas ao Brumado Notícias, os bandidos quebraram os cadeados, que davam acesso as chaves de todos os departamentos do prédio e, em seguida, foram a cozinha, tomaram um cafezinho e desarrumaram tudo, além realizarem vários atos de vandalismo nos demais departamentos. Além disso, levaram dois computadores, máquinas digitais e diversos equipamentos da escola. A polícia fez um levantamento do caso e está apurando os fatos, em busca de suspeitos. (Veja Fotos).

LUCIANO: “PETISTAS SÃO INTOLERANTES A CRITICAS”

Prefeito de Caculé reafirma que o deputado Waldenor Pereira (PT-BA) ainda defende a não ação do governo. (Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias).

Em contato com o Brumado Notícias, na noite desse domingo (14), o prefeito de Caculé, Luciano Ribeiro (DEM) informou que se mantém firme nas críticas que teceu, afirmando que a região sudoeste está órfã de lideranças, que defendam os interesses da população. Segundo o prefeito, o deputado federal Waldenor Pereira (PT) deveria acabar com o discurso culpando o grupo carlista, que era comandado pelo já falecido Antônio Carlos Magalhães, citando ainda que os petistas são intolerantes a criticas. “Depois de cinco anos deles no governo, não dá para ficar nesse discurso que a culpa é de Antônio Carlos Magalhães, ele já morreu. Nosso partido hoje é tão pequenininho que não incomoda ninguém. Os petistas são bons no embate verbal, mas, na mesma proporção, são péssimos na gestão. Talvez por isso, por não ter mais como justificar na vida de ACM, eles estão sendo muito intolerantes a criticas e são preconceituosos com aquelas pessoas que não cederam, no meu caso, as benéficas do poder, aos convites para o poder”.  Ribeiro se diz surpreso, com as declarações do deputado petista. “Waldenor é meu amigo e conterrâneo, mas fiquei surpreso com suas declarações, talvez pelas questões locais que ele tenha tomado as dores. Quando me refiro as lideranças políticas, são lideranças que defendam toda a região. Não sei por que o deputado tomou essas dores somente para ele, dentre as lideranças da região também me incluo, pois sou prefeito de Caculé. Não me referi a cargos, pessoas e seguimentos”. O gestor destacou ainda que a sua vida política é de sucesso e vitórias nas urnas e na administração da cidade. “Eu não tenho que me envergonhar de minha trajetória política, ao contrário, eu só tenho o que me orgulhar, pois sempre tive sucesso nas urnas e na gestão, pois tive o reconhecimento da ONU, da própria presidência da república e até do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva”. Ele acrescentou: “tudo o que eu disse é verdade. Waldenor está justificando a não ação do governo e defendendo o partido, dizendo que o governo está certo em não instalar uma Universidade Federal em Conquista. Reafirmo o que disse em minha entrevista, pois nossa região é órfã de uma liderança forte. A nossa região é carente em aeroportos, saneamento básico, escolas, estradas, segurança. Em Caculé, por exemplo, estamos vendo o Rio do Antônio morrer, por falta de ação do governo”.  De acordo o gestor, “nunca neguei os investimentos que são feitos no município, mas penso diferente do deputado, pois ele pensa que o investimento do governo federal é maciço. Eu penso que é pouco, pois nossa região necessita de muito mais. Esses investimentos, em sua maioria, partiram do nosso esforço, com o deputado federal ACM Neto. Também sou parceiro do Governo, pois faço investimentos em asfaltamentos, segurança, dentre outros e até mesmo já fui parceiro do deputado Waldenor em projetos em Caculé”.

“LUCIANO FOI GROSSEIRO E OFENSIVO”, DIZ WALDENOR

Deputado reprovou as críticas do prefeito Luciano Ribeiro. (Foto: Kauê Souza/Brumado Notícias).

As declarações do prefeito de Caculé, Luciano Ribeiro (DEM), criticando a falta de lideranças para defender os interesses da região sudoeste do Estado, não agradou o deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA). Em contato telefônico com o Brumado Notícias, o deputado não poupou críticas ao gestor caculeense. “Ao invés de criticar as lideranças regionais, o prefeito deveria se envergonhar de pertencer a um partido e um projeto político, que se manteve no poder no Estado por mais de 40 anos e não foi capaz de criar se quer uma Universidade Federal na Bahia. A Universidade Federal da Bahia se manteve por 59 anos na Bahia, mas não foi instalada e criada por eles”. De acordo o deputado, “o prefeito se revela ainda um bom aluno do autoritarismo, ao achar que uma Universidade ou um grande investimento deva ser instalado, como era no passado, submetido a vontade do chefe político. É lamentável que o prefeito assim pense e avalie decisões e investimento em nosso estado”. Waldenor fez questão de frisar que as universidades, que serão criadas na Bahia, obedeceram a critérios técnicos, exigidos pelo governo federal. “Eu destaco que as localizações das duas universidades que serão anunciadas, pela presidente Dilma Rousseff, na próxima semana, obedeceram a critérios meramente técnicos, de identidade populacional e logística”. Ele ainda acrescentou: “a Bahia vive um novo momento de democracia, infelizmente, ele insiste em querer ditar práticas de tempos que o povo baiano não quer viver mais. Ele se equivocou e foi grosseiro”. Para o petista, Luciano deveria agradecer a presidente Dilma Rousseff (PT) pelos maciços investimentos em seu município. “Ele, ao invés de criticar e condenar o governo federal deveria agradecer pelos investimentos em Caculé, que são maciços e importantes para o desenvolvimento da cidade e isso mostra a democracia do governo, sem nenhuma discriminação, diferente de como era no passado. Ele deveria buscar um comportamento de conciliação e unir para buscar o desenvolvimento da região, mas ele de forma grosseira e ofensiva critica os políticos regionais”, finalizou.

Páginas: Anteriores 1 2 3 4 5 6 7 8 Próximas