Brumado Notícias

Brumado Notícias

Resultado da busca pela categoria "brasil"

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 97 milhões na quarta

23 Abr 2017 - 09h30


Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 97 milhões na quarta
Foto: Heloise Hamada/G1

O concurso 1.923 da Mega-Sena teve o sorteio realizado na noite de sábado (22). Veja as dezenas sorteadas: 09 - 34 - 42 - 45 - 46 - 59. Ninguém acertou as 6 dezenas, e o prêmio acumulou. Agora, a expectativa para o próximo sorteio é de R$ 97 milhões. De acordo com o G1, a Quina teve 110 acertadores, e cada um levou R$ 50.376,11. Outras 9351 apostas ganharam a Quadra, com R$ 846,56 para cada.

Ex-presidente da OAS afirma em depoimento que Lula o orientou a destruir provas

21 Abr 2017 - 10h00


Ex-presidente da OAS afirma em depoimento que Lula o orientou a destruir provas
Foto: Agência Câmara

O ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, afirmou em depoimento ao juiz federal Sérgio Moro nesta quinta-feira (20) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva o orientou a destruir provas contra ele. “Lula me orientou a destruir documentos durante a Lava Jato”, afirmou o empresário de acordo com a Veja. Pinheiro é réu na ação penal que envolve um tríplex em Guarujá, no litoral de São Paulo, e que também tem Lula como réu. De acordo com o G1, o empresário lembrou de uma conversa que teve com o ex-presidente em que eles falaram sobre negócios com João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT. "Eu tive um encontro com o ex-presidente, em junho, tenho anotado na minha agenda, onde o presidente [Lula] me fez textualmente a seguinte pergunta: “Léo, o senhor fez algum pagamento a João Vaccari no exterior? Eu disse: ‘Não presidente, nunca fiz pagamentos a essas contas que nós temos com Vaccari no exterior’. ‘Como você está procedendo os pagamentos para o PT?’ Através do João Vaccari. Você tem algum registro de algum encontro de contas feita com João Vacarri com vocês? Se tiver, destrua”, relatou Pinheiro.

Petrobras anuncia aumento nos preços da gasolina e do diesel

21 Abr 2017 - 09h00


Petrobras anuncia aumento nos preços da gasolina e do diesel
Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias

A Petrobras anunciou na quinta-feira (20) o aumento do preço do diesel e da gasolina nas refinarias. Os novos valores começam a ser aplicados já a partir desta sexta (21). Segundo a petroleira, o reajuste no preço da gasolina será de 2,2%, enquanto o valor do diesel subirá 4,3%. A estatal estima que, nas bombas, a alta do diesel pode ser de 2,9% (R$ 0,09 por litro) e, no caso da gasolina, de 1,2% (R$ 0,04), em média. Os preços, porém, são livres e o repasse dependerá de políticas comerciais de cada distribuidora e revendedor de combustíveis. “A decisão é explicada principalmente pela elevação dos preços dos derivados nos mercados internacionais desde a última decisão de preço, que mais que compensou a valorização do real frente ao dólar, e por ajustes na competitividade da Petrobras no mercado interno. É preciso destacar ainda que o comportamento dos preços de derivados foi marcado por volatilidade nos mercados internacionais em resposta a evento geopolítico, como o ocorrido na Síria”, justificou a Petrobras, em comunicado à imprensa.

Lula tem maior potencial de votos, diz Ibope

20 Abr 2017 - 16h30


Lula tem maior potencial de votos, diz Ibope
Foto: Filipe Araújo/Fotos Públicas

Pesquisa inédita do Ibope mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a ser o presidenciável com maior potencial de voto entre nove nomes testados pelo instituto. Pela primeira vez desde 2015, os eleitores que dizem que votariam nele com certeza (30%) ou que poderiam votar (17%) se equivalem aos que não votariam de jeito nenhum (51%), considerada a margem de erro. Desde o impeachment de Dilma Rousseff (PT), há um ano, a rejeição a Lula caiu 14 pontos. De acordo com a Época, a pesquisa foi feita antes de vir a público a lista do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), com as delações de executivos da Odebrecht que acusaram o ex-presidente de corrupção, junto com dezenas de outros políticos. Se a divulgação das denúncias prejudicou a imagem de Lula (e de outros denunciados), não houve tempo de isso ser captado pelo Ibope. 

Prévia da inflação oficial é a menor para abril desde 2006

20 Abr 2017 - 15h30

A prévia da inflação oficial, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), ganhou força de março para abril, passando de 0,15% para 0,21%, segundo divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (20). Mas foi a menor taxa para um mês de abril desde 2006, quando ficou em 0,17%. De acordo com o G1, no acumulado do ano, a taxa é de 1,22%, abaixo dos 3,32% referentes ao mesmo período do ano anterior (de janeiro a abril). No acumulado de 12 meses, o índice caiu para 4,41%, abaixo dos 4,73% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Segundo o IBGE, é a menor variação acumulada em períodos de 12 meses desde janeiro de 2010 (4,31%). Em abril de 2016, a taxa havia ficado em 0,51%.

Brumadense que teve coração transplantado morre em São Paulo

20 Abr 2017 - 15h00


Brumadense que teve coração transplantado morre em São Paulo
Foto: Reprodução/Facebook

No último dia 6, o brumadense Genivaldo Portela, o Côco, realizou uma delicada cirurgia de transplante de coração no Hospital Dante Pazzanese de Cardiologia, em São Paulo. Segundo informações obtidas pelo site Brumado Notícias, ele vinha se recuperando bem, mas uma veia do cérebro se rompeu e ele teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Devido às complicações, o brumadense faleceu nesta quinta-feira (20). O corpo será trazido para a cidade de Brumado, onde ocorrerá o sepultamento. Cocô sofria com problemas cardiovasculares há anos devido à Doença de Chagas.

A 9 dias do prazo do Imposto de Renda, menos da metade enviou a declaração

20 Abr 2017 - 14h30


A 9 dias do prazo do Imposto de Renda, menos da metade enviou a declaração

Faltando 9 dias para o fim do prazo para envio da declaração de Imposto de Renda, menos da metade das declarações previstas pela Receita Federal foram entregues. Até as 18h da quarta-feira (19), último balanço da Receita, 13,86 milhões de declarações haviam sido entregues, ou seja, 48,7% das 28,3 milhões de declarações. De acordo com o G1, o prazo final para entrega é dia 28, sexta-feira que vem. A multa mínima para o contribuinte que não entregar até o prazo é de R$ 165,74 e a máxima é de 20% do imposto devido. 

Marqueteiros do PT terão prisão domiciliar

20 Abr 2017 - 10h30


Marqueteiros do PT terão prisão domiciliar
Foto: Reprodução/Jornal GGN

O acordo de delação premiada dos marqueteiros João Santana e Monica Moura prevê uma pena de prisão domiciliar por um ano e meio com tornozeleira eletrônica. Eles ficarão presos na Bahia, onde moram atualmente. O casal chegou a ser preso em fevereiro de 2016, mas foi solto em agosto do ano passado. Soltos, decidiram aderir à colaboração premiada - que foi homologada pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal. Em depoimento a Sergio Moro nesta terça-feira, eles confirmaram terem recebido caixa dois pelas campanhas dos ex-presidentes Dilma Rousseff (PT) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Na próxima segunda-feira, eles vão depor ao Tribunal Superior Eleitoral, na ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer. As informações são do Blog de Andréia Sadi.

Brasileiro ainda não conseguiu poupar dinheiro em 2017

19 Abr 2017 - 18h30


Brasileiro ainda não conseguiu poupar dinheiro em 2017
Foto: Thinkstock/Veja

Com a economia em crise, o brasileiro ainda não conseguiu poupar dinheiro neste ano. Em fevereiro, apenas 16% dos consumidores das classes C, D e E conseguiram guardar algum valor. Nas classes A e B a parcela foi um pouco maior: 34%. É o que mostra o Indicador de Reserva Financeira, calculado pelo SPC Brasil e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas. A grande maioria não conseguiu guardar nada. Nas classes A e B, 62% não conseguiram poupar em fevereiro. Quando se considera as classes C, D e E, o número sobe para 78%. De acordo com a Veja, o indicador ainda mostra que, em fevereiro, entre aqueles que possuem reserva financeira, mais da metade (55%) fizeram uso dos recursos poupados. Em janeiro, esse número foi 48%. Os principais motivos foram o pagamento de despesas extras (12%), pagamento de dívidas (12%) e imprevistos (11%).

Ministério Público pede prisão para mulher de Eduardo Cunha

19 Abr 2017 - 17h30


Ministério Público pede prisão para mulher de Eduardo Cunha
Foto: Reprodução/Revista Fórum

Os procuradores da Operação Lava-Jato pediram ao juiz Sérgio Moro que a jornalista Cláudia Cruz seja condenada por lavagem de dinheiro e crime contra o sistema financeiro nacional. Os 12 procuradores que assinam os “memoriais escritos” entregues ao juiz Moro querem que a esposa do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, comece a cumprir a pena em regime fechado. Nas próximas semanas, Moro deverá anunciar sua sentença no processo em que Cláudia e o ex-diretor da Petrobras Jorge Zelada são réus. O pedido de condenação de Cláudia Cruz se baseia em cinco fatos, todos ligados à manutenção de dinheiro não declarado no exterior. A jornalista sempre alegou que jamais teve conhecimento das movimentações ilegais do marido na Suíça, mas não convenceu os procuradores. “É claro que Cláudia Cruz, pessoa bem esclarecida, sempre teve conhecimento de que o salário de Eduardo Cunha, como servidor público, jamais seria capaz de manter o elevado padrão de vida por eles mantido”, diz a petição do MPF. “Cláudia Cruz não foi simples usuária dos valores, mas coautora de Eduardo Cunha em lavar os ativos mediante manutenção de conta oculta com os valores espúrios, cuja abertura foi assinada por ela, bem como por converter os ativos criminosos em bens e serviços de altíssimo padrão”, dizem os procuradores. De acordo com a Veja, Cláudia, se condenada, terá de ressarcir a União em 2,3 milhões de dólares (7 milhões de reais). Os réus Jorge Zelada, João Henriques e Idalécio Oliveira terão de ressarcir 77,5 milhões de dólares (240 milhões de reais). 

Câmara aprova texto de projeto que prevê socorro a estados

19 Abr 2017 - 16h30


Câmara aprova texto de projeto que prevê socorro a estados
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira (18), por 301 votos a 127 (7 abstenções), o texto-base do projeto de lei que prevê a recuperação fiscal dos estados em crise financeira. Por se tratar de projeto de lei complementar, a proposta exigia, pelo menos, 257 votos favoráveis. Para concluir a votação, contudo, os parlamentares ainda precisam analisar as chamadas emendas, sugestões de deputados que podem alterar o teor do texto. Após a conclusão da análise pela Câmara, a proposta seguirá para votação no Senado. Enviado pelo presidente Michel Temer (PMDB) neste ano, o projeto suspende o pagamento das dívidas estaduais com a União por três anos (prorrogáveis por mais três), desde que sejam adotadas medidas de ajuste fiscal, as contrapartidas. De acordo com o G1, a aprovação do texto-base aconteceu após várias tentativas frustradas de votar o texto, que sofre resistência por parte de parlamentares. Desde o início do mês, foram quatro adiamentos.

OMS comemora 'avanços' na luta contra doenças como a dengue

19 Abr 2017 - 15h30


OMS comemora 'avanços' na luta contra doenças como a dengue
Foto: Divulgação

A Organização Mundial da Saúde (OMS) comemorou, nesta quarta-feira (19), os “avanços sem precedentes” na luta contra 18 doenças tropicais neglicenciadas, entre elas a dengue, que deixam 170 mil mortos e milhões de deficientes a cada ano. A agência de Saúde da ONU, companhias farmacêuticas e grupos da sociedade civil liderados pela Fundação Bill e Melinda Gates travaram uma longa batalha para erradicar essas doenças, que são tratáveis, mas que até pouco tempo não tinham recebido muita atenção. “É realmente a história de um maravilhoso avanço”, disse Bill Gates, o bilionário fundador da Microsoft, em Genebra, com ocasião da publicação do último relatório da OMS sobre a luta contra as doenças tropicais negligenciadas. “Nos últimos 10 anos, milhões de pessoas saíram da invalidez e da pobreza graças a uma das colaborações globais mais efetivas na saúde pública moderna”, assegurou a diretora-geral da OMS, Margaret Chan, em um comunicado publicado pelo G1. Um total de 1,6 bilhão de pessoas sofrem com doenças negligenciadas, entre elas mais de 500 milhões de crianças, mas o número diminuiu desde 2010, quando mais de dois bilhões de indivíduos eram afetados por estas patologias, segundo a OMS.

Mega-Sena pode pagar hoje prêmio de R$ 75 milhões

19 Abr 2017 - 14h30


Mega-Sena pode pagar hoje prêmio de R$ 75 milhões
Foto: Heloise Hamada/G1

O sorteio 1.922 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 75 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quarta (19), em São Fidélis (RJ). De acordo com a Caixa Econômica Federal, com o valor integral do prêmio, o ganhador poderá comprar 15 helicópteros. Se quiser investir na poupança, receberá mensalmente quase R$ 500 mil em rendimentos.

STF nega recurso do Flamengo, e Sport segue único campeão de 87

19 Abr 2017 - 10h30


STF nega recurso do Flamengo, e Sport segue único campeão de 87
Foto: Divulgação

O Supremo Tribunal Federal indeferiu, por 3 votos a 1, o recurso impetrado pelo Flamengo contestando a decisão da Justiça que apontou o Sport como único campeão brasileiro de 1987. A discussão nos tribunais se arrasta por anos, mas a decisão desta terça da Primeira Turma do STF tem pouca, ou nenhuma, chance de ser revertida. Embora o vice jurídico do Flamengo, Flávio Willeman, afirme que aguardará a publicação para analisar a possibilidade de recurso, a assessoria do STF informou que os recursos possíveis não modificariam o julgamento do mérito. Seriam instrumentos, por exemplo, para pedir esclarecimento de alguma parte da sentença. De acordo com o G1, o relator do processo foi o ministro Marco Aurélio, torcedor declarado do Flamengo, mas que também votou contra o pedido do clube. O voto decisivo foi da ministra Rosa Weber.

STF deve analisar em maio ação que pode limitar foro privilegiado

18 Abr 2017 - 10h30


STF deve analisar em maio ação que pode limitar foro privilegiado
Foto: Reprodução/TV Globo

O Supremo Tribunal Federal (STF) deverá colocar em pauta no fim de maio uma ação que pode estabelecer limites para o chamado “foro privilegiado”, prerrogativa de autoridades, como ministros, deputados federais e senadores, de serem julgadas somente pela Corte em processos criminais. No julgamento, ainda sem data definida, os ministros deverão analisar uma proposta que restringe o foro àqueles casos em que o fato investigado ocorreu em razão do cargo ou do mandato, não a atos anteriores daquela autoridade. De acordo com o G1, a ideia está num despacho enviado ao plenário do STF pelo ministro Luís Roberto Barroso, dentro de uma ação penal para investigar suposta compra de votos pelo prefeito de Cabo Frio (RJ), Marquinhos Mendes (PMDB).

Doença que mata 233 mil por ano no Brasil é pouco conhecida

18 Abr 2017 - 08h30


Doença que mata 233 mil por ano no Brasil é pouco conhecida
Foto: Patrick Kane/Divulgação

Patrick Kane quase morreu em decorrência de uma doença que mata mais pessoas por ano no Reino Unido do que câncer de intestino, mama e próstata juntos: a sepse.  No Brasil, a síndrome, que é responsável por cerca de 233 mil óbitos em UTIs, é desconhecida por nove em cada dez pessoas. Patrick tinha apenas nove meses quando um dia acordou passando mal, mole e apático. O médico da família receitou o analgésico paracetamol, mas sua mãe continuou preocupada e decidiu levá-lo ao hospital. No trajeto, porém, a situação se agravou rapidamente. “Foi tudo muito rápido... logo na chegada eu tive falência múltipla de órgãos”, conta. Patrick passou três meses e meio internado no Hospital St Mary's, em Londres, onde teve alguns membros amputados: parte do braço esquerdo, os dedos da mão direita e a perna direita, abaixo do joelho. Hoje, aos 19 anos, Patrick estuda bioquímica na Universidade de Edimburgo, na Escócia. “Ou você conhece alguém que teve sepse, ou você nunca ouviu falar disso”, diz ele à BBC. A declaração do estudante é respaldada por uma pesquisa do Instituto Datafolha de 2014, encomendada pelo Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS). De acordo com a pesquisa, realizada em 134 municípios brasileiros, 93,4% dos entrevistados nunca tinham ouvido falar sobre a doença, mais conhecida como infecção generalizada ou septicemia. As informações são do Bem Estar.

Prévia do PIB mostra alta de 1,31% da economia em fevereiro

17 Abr 2017 - 16h30

Em fevereiro, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) teve alta de 1,31% ante o mês anterior, a segunda elevação mensal consecutiva neste ano, de acordo com a instituição. O dado representa um avanço na economia brasileira, que em janeiro subiu 0,62%. Conhecido como “prévia do BC para o PIB”, o IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses. No acumulado de 2017 até fevereiro, a retração é de 0,12% pela série sem ajustes sazonais, na qual também é possível identificar um recuo de 3,56% nos 12 meses encerrados em fevereiro. Na comparação entre os meses de fevereiro de 2017 e 2016, houve queda de 0,73% também na série sem ajustes sazonais. A série observada encerrou com o IBC-Br em 129,31 pontos em fevereiro, ante 128,64 pontos de janeiro e 130,26 pontos de fevereiro do ano passado. O indicador de fevereiro de 2017 ante o mesmo mês de 2016 mostrou desempenho melhor que o apontado pela mediana (-2,55%) das previsões de analistas do mercado financeiro (-3,30% a -0,60% de intervalo). A previsão oficial do BC para a atividade doméstica em 2017 é de avanço de 0,5%, de acordo com o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) publicado no fim de março. No Relatório de Mercado Focus publicado nesta segunda, a mediana das estimativas do mercado para o Produto Interno Bruto (PIB) está em 0,40%. As informações são da Veja.

Um a cada cinco brasileiros é obeso, diz Ministério da Saúde

17 Abr 2017 - 15h30


Um a cada cinco brasileiros é obeso, diz Ministério da Saúde
Foto: Reprodução/Pauta Vip

A obesidade atinge um em cada cinco brasileiros, apontam dados divulgados nesta segunda-feira (17) pelo Ministério de Saúde. Em dez anos, a população obesa no país passou de 11,8% em 2006 para 18,9% em 2016, informou o ministério. De acordo com o Bem Estar, o excesso de peso também cresceu 26,3% no mesmo período. Em 2006, 42,6% dos entrevistados foram considerados com excesso de peso. No ano passado, esse índice foi de 53,8%. A obesidade e o excesso de peso são calculados a partir do Índice de Massa Corporal que divide o peso pela altura ao quadrado do entrevistado. Índices iguais ou maiores que 25 são considerados como excesso de peso e maiores de 30 kg/m2, obesidade. A Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) entrevistou, de fevereiro a dezembro de 2016, 53.210 pessoas maiores de 18 anos nas capitais do país.

Propina da Odebrecht pagaria a construção de 5,4 mil creches

17 Abr 2017 - 13h30


Propina da Odebrecht pagaria a construção de 5,4 mil creches
Foto: Divulgação

Os mais de R$ 10 bilhões que a Odebrecht usou para pagar propina a políticos poderia ter sido investido em escolas, postos de saúde, compras de ambulância e muito mais. O cálculo apresentado pelo Bom Dia Brasil aponta que, com este valor, daria para construir 5.421 creches para atender mais de 867.360 crianças. Se o recurso fosse aplicado para a compra de veículos de resgate ou transporte de estudantes, seria possível adquirir 83.944 ambulâncias ou mais de 55.257 ônibus escolares. O valor usado para pagar propina também daria para construir mais de cinco mil UPAs, as unidades de pronto atendimento. A conta foi feita pela associação Contas Abertas. Segundo o secretário-geral da instituição, Gil Castelo Branco, o cálculo se baseia em valores do Ministério do Planejamento e da Comissão de Orçamento do Congresso. “É muito dinheiro que poderia estar indo para construir a infraestrutura do estado e está indo para o bolso de alguns corruptos”, disse. O total de propina paga pela Odebrecht consta em uma tabela entregue à Procuradoria Geral da República (PGR) pelo ex-executivo do grupo Hilberto Mascarenhas, responsável pela Área de Operações Estruturada, conhecida como o setor de propina da empresa. O setor movimentou US$ 3,3 bilhões, o equivalente a R$ 10,6 bilhões, de 2006 a 2014.

Governo Federal quer vender loterias para reforçar caixa

17 Abr 2017 - 10h30


Governo Federal quer vender loterias para reforçar caixa
Foto: Sérgio Castro/Estadão

O governo federal conta com a privatização das loterias para dobrar a arrecadação de tributos sobre as apostas dos brasileiros. Com empresas experientes no ramo operando os jogos eletrônicos em todo o mundo, a equipe econômica quer trazer os investidores para o mercado brasileiro e acredita que o volume de receitas de impostos sobre as loterias pode saltar rapidamente de R$ 6 bilhões para pelo menos R$ 12 bilhões – arrecadação que pode ajudar a reforçar o caixa do Tesouro Nacional nos próximos anos enquanto as contas públicas ainda deverão ficar no vermelho. Antes de privatizar o setor – que é um monopólio da Caixa Econômica Federal –, o governo dividiu o conjunto de loterias em duas empresas que serão leiloadas: a Lotex (a loteria instantânea, como a raspadinha), que já existe no Brasil, e a chamada “SportBeting” (loteria de apostas, por exemplo, no time que vai ganhar, placar do jogo, prognósticos feitos por meio da internet). Esta última ainda não foi criada no País. As informações são do Estadão. 

Eduardo Vasconcelos participa de audiências em Brasília em busca de recursos para Brumado

17 Abr 2017 - 09h00


Eduardo Vasconcelos participa de audiências em Brasília em busca de recursos para Brumado
Foto: Divulgação/PMB

Na última semana, o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) esteve em Brasília para uma série de compromissos em busca de recursos para o município. Na oportunidade, o gestor esteve na sede do Ministério do Turismo para tratar de questões pertinentes ao andamento da construção do Parque da Cidade de Brumado. Em seguida, no Ministério da Saúde,  se reuniu com a Coordenadora Geral de Urgências e Emergências e com Coordenadora da Atenção Básica para discutir assuntos referentes às Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e às Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. Durante a sua passagem pela capital federal, o gestor também esteve no Ministério da Educação, no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para viabilizar, entre outras demandas, a construção de uma creche no município. Por fim, o prefeito se reuniu com a equipe técnica da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) com o objetivo de tornar viável a construção de vias marginais na cidade. O gestor ressaltou que assuntos importantes para o desenvolvimento do município foram discutidos e as audiências foram bastante produtivas.

Bebê com doença rara recebe 1ª dose de remédio de R$ 3 milhões

17 Abr 2017 - 08h30


Bebê com doença rara recebe 1ª dose de remédio de R$ 3 milhões
Foto: Carlos Trinca/EPTV

A família do menino Joaquim Okano Marques, de oito meses, comemora o primeiro passo no tratamento contra a atrofia muscular espinhal, uma doença degenerativa rara que paralisa os músculos do bebê e pode levar à morte. Em um hospital de Ribeirão Preto (SP), Joaquim recebeu neste sábado (15) a primeira das seis doses de um medicamento milionário, recém-lançado nos Estados Unidos, que promete conter os avanços doença. A compra do remédio só foi possível graças às doações de milhares de brasileiros, depois que o caso de Joaquim ganhou repercussão e o apoio de diversos famosos. Em um mês, foram arrecadados os R$ 3 milhões necessários à importação da substância. “É um momento que é de muita alegria, é um dia especial. O Joaquim é a primeira criança da América Latina que está recebendo essa medicação, mas nós já passamos por muita angústia. Hoje, é um dia de vitória”, disse o pai do menino, Alexandre Marques. Joaquim foi diagnosticado com a atrofia muscular espinhal quando tinha dois meses de vida. A doença impede qualquer movimento do corpo. O bebê só mexe os olhos e, com o tempo, as chances de sobrevivência dele diminuem progressivamente. Apesar de a atividade cognitiva do menino se manter intacta, Joaquim precisa de um equipamento para respirar, o que requer cuidados 24 horas por dia. Pediatra, fisioterapeuta e fonoaudiólogo monitoram o bebê, além do pai e da mãe, que sempre estão ao lado do filho. Foram eles que deram início à campanha em busca da medicação, aprovada em dezembro de 2016 nos Estados Unidos. A terapia gênica é capaz de estabilizar a morte celular nos neurônios do cone anterior da medula, impedindo ou retardando a evolução da atrofia.

Polícia Federal indicia mais de 60 pessoas na Carne Fraca

16 Abr 2017 - 09h30


Polícia Federal indicia mais de 60 pessoas na Carne Fraca
Foto: Wikipédia

A Polícia Federal indiciou 63 pessoas no âmbito da Operação Carne Fraca neste sábado (15). Elas vão responder aos crimes de advocacia administrativa, concussão, corrupção passiva, crime contra a ordem econômica, emprego de processo proibido ou de substância não permitida, falsidade de atestado médico, falsidade, corrupção, adulteração de substância ou produtos alimentícios, organização criminosa, peculato, prevaricação, uso de documento falso e violação de sigilo funcional. A Operação foi deflagrada no mês de março e apura o suposto pagamento de propina de frigoríficos para fraudar a fiscalização de fiscais do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa). O juiz federal Marcos Josegrei da Silva, da 14ª Vara Federal de Curitiba, intimou o Ministério Público Federal (MPF) a se manifestar em cinco dias.

Mega-Sena acumula e prêmio alcança R$ 75 milhões

16 Abr 2017 - 08h30


Mega-Sena acumula e prêmio alcança R$ 75 milhões
Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena no sorteio realizado durante a noite deste sábado (15) na cidade de Canela, no Rio Grande do Sul. O prêmio acumulou e o sorteio da próxima quarta-feira (19) pode dar um prêmio estimado em R$ 75 milhões. As dezenas sorteadas neste sábado foram 10 - 15 - 16 - 19 - 28 - 35. A quina teve 127 apostas ganhadoras e cada uma vai levar R$ 30.856,70. Outras 9.277 apostas acertaram a quadra e vão ganhar R$ 603,45 cada.

'A Lava Jato pegará o Poder Judiciário', afirma Eliana Calmon, ex-ministra do STJ

16 Abr 2017 - 08h00


'A Lava Jato pegará o Poder Judiciário', afirma Eliana Calmon, ex-ministra do STJ
Foto: José Cruz/ABr/Veja

Ministra aposentada do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a baiana Eliana Calmon acredita que a Operação Lava Jato ainda vai atingir o Poder Judiciário, mas em um “segundo momento”. Durante entrevista à Folha de S. Paulo, ela disse que existe muito a ser investigado no setor. “Entendo que a Lava Jato pegará o Judiciário, mas só numa fase posterior, porque muita coisa virá à tona. Inclusive, essa falta tem levado a muita corrupção mesmo. Tem muita coisa no meio do caminho. Mas por uma questão estratégica, vão deixar para depois”, declarou. Calmon acusou o corregedor nacional do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), João Otávio de Noronha, de tentar blindar juízes em entrevistas e criticou a ideia de que não se deve punir o Poder Judiciário. “Ele diz que é preciso dar mais autoridade aos juízes, para que se sintam mais seguros. Caminha no sentido bem diferente do que caminharam os demais corregedores”, avaliou.